O aparelho invisível é para mim?

ciência Jul 03, 2020
2020.02.14 SOU SMILE07879 (1)

Depois de pensar muito sobre qual aparelho ortodôntico escolher, você optou pelo alinhador invisível? O tratamento é um dos mais modernos e discretos e possui uma série de benefícios, como praticidade e conforto. Porém, você deve estar se questionando se o aparelho invisível poderá te ajudar a conquistar o sorriso que você ama. Existem alguns critérios que impossibilitam o uso, como severidade do caso, estado da saúde bucal ou presença de implantes dentários. Vamos te contar tudinho sobre quais situações podem ser corrigidas pelo aparelho invisível. Vem com a gente!

Principais casos ortodônticos

Antes de tudo, você deve entender qual é o seu tipo de sorriso. Se o que te incomoda é um dente tortinho, você provavelmente tem um apinhamento; se seus dentes não se tocam na parte da frente, com a boca fechada, sua mordida pode ser aberta… Veja quais são as principais situações que precisam de um tratamento ortodôntico:

Apinhamento

É o famoso dente tortinho. Acontece quando seus dentes não possuem espaço suficiente para nascer na arcada dentária, e acabam ficando tortos ou mal posicionados. O apinhamento pode ser desde leve, com apenas alguns dentes ligeiramente fora do lugar, a até muito severos, no qual o encaixe da mordida pode ficar comprometido - e definir o grau de severidade é muito importante para escolher qual será o melhor tratamento ortodôntico.

Além de falta de espaço na arcada, outras causas para o apinhamento dental são hábitos alimentares e respiratórios, questão genética, tamanho e posição da língua, presença dos dentes do siso e eventuais traumatismos ao longo da vida.

Quais problemas podem ser causados?

Quem tem dentes muito apinhados pode ter dificuldade de higienizá-los corretamente, causando problemas de saúde bucal como cárie, placa bacteriana, acúmulo de tártaro e inflamações na gengiva. Dentes tortos também são uma questão estética, um dos maiores motivos pelos quais as pessoas buscam usar aparelho. Além disso, o apinhamento severo também pode impedir a mordida correta, o que pode provocar dores nas articulações da mandíbula.

Melhores aparelhos ortodônticos para apinhamento

Como explicamos ali em cima, tudo vai depender do grau de apinhamento do seu sorriso. O aparelho invisível é indicado para casos leves a moderados, que são os que se enquadram no tratamento SouSmile. Se o apinhamento for muito severo, os aparelhos mais indicados são os fixos, estético e metálico, e o aparelho lingual.

Diastema

Quando você tem espaços entre os dentes, causados por desalinhamento ou perda de um ou mais dentes. É mais comum de acontecer nos dentes da frente, mas pode aparecer em qualquer posição da arcada dentária. Outras causas para o diastema são hábitos da  infância, como uso prolongado de chupeta e mamadeira; tamanhos diferentes entre os dentes; respiração pela boca e problemas no freio labial - aquela pele que segura os lábios na gengiva.

Quais problemas podem ser causados?

O espaçamento na arcada dentária pode causar acúmulo de alimentos, que leva à inflamações na gengiva e outras doenças periodontais. É também um dos maiores incômodos estéticos no sorriso.

Melhores aparelhos ortodônticos para diastema

O diastema pode ser tratado com todos os tipos de aparelho ortodôntico, mas a escolha também depende da severidade. O aparelho invisível é uma boa opção para corrigir espaçamentos leves a moderados. Espaços muito grandes podem precisar de um tratamento com aparelhos fixos estético e metálico ou lingual, dependendo da posição.

Sobremordida

sobremordida-sousmile

Também conhecida como mordida profunda, é quando os dentes de cima cobrem totalmente os dentes de baixo na posição de mordida. Existem algumas causas possíveis para a sobremordida, como fatores genéticos, muita força na mastigação, movimentação excessiva dos dentes da frente, perda de dentes de trás, entre outros. É uma condição que, normalmente, tem mais de um motivo envolvido.

Quais problemas podem ser causados?

A mordida profunda pode provocar uma série de problemas na saúde bucal, desde feridas no céu da boca e dores na mandíbula a até um desgaste nos dentes e retração na gengiva. É mais comum de surgir ainda na adolescência, e as alterações estéticas costumam ser incômodas também. Se não for corrigido cedo, esse tipo de mordida pode causar problemas na articulação temporomandibular (ATM).

Melhores aparelhos ortodônticos para sobremordida

A sobremordida pode ser tratada por qualquer tipo de aparelho ortodôntico, mas os fixos metálico e estético são mais indicados. Dependendo do grau de severidade, é necessário usar uma placa de levante, acessório aplicado no céu da boca para elevar a mordida e permitir o tratamento com bráquetes na arcada inferior.

Mordida cruzada

mordida-cruzada-sousmile

A mordida cruzada acontece quando alguns dentes superiores se encaixam para dentro dos inferiores. Não é uma característica muito simples de identificar, embora seja bastante comum, e pode ser causada por hábitos que cultivamos desde a infância - muito tempo usando chupeta, por exemplo. Os padrões de respiração e o crescimento da dentição permanente também influenciam na posição da mordida.

Quais problemas podem ser causados?

Além da questão estética, a mordida cruzada muito severa pode provocar desgaste nos dentes e na gengiva, que por sua vez causam perda óssea e problemas periodontais. Outros problemas possíveis são dores nas articulações da mandíbula, bruxismo e mastigação incorreta dos alimentos.

Melhores aparelhos ortodônticos para mordida cruzada

Se for leve e não estiver associada a outros problemas ortodônticos, a mordida cruzada pode ser tratada por qualquer tipo de aparelho. No entanto, ela geralmente vem acompanhada de apinhamento, o que torna necessário o uso de aparelho fixo metálico ou estético. Na infância, é comum tratar a mordida cruzada com o aparelho expansor, que abre o céu da boca para ajustar a mordida.

Mordida aberta

mordida-aberta-sousmile

A mordida aberta é bem literal: quando os dentes não se encostam em posição de mordida, na parte da frente ou de trás da boca. É um problema normalmente causado ainda na infância, por hábitos como uso de chupetas e mamadeiras por muito tempo, respiração pela boca ou posição e tamanho da língua.

Quais problemas podem ser causados?

Esse tipo de mordida pode provocar alterações na fala, problemas de mastigação e sobrecarga nos dentes que se encostam, o que leva às dores nas articulações da mandíbula e retração gengival na região com excesso de força. Se a mordida estiver aberta na parte da frente, há também o impacto estético.

Melhores aparelhos ortodônticos para mordida aberta

O ideal é tratar a mordida aberta ainda na infância, com aparelhos ortodônticos que permitam o uso de elásticos - fixos metálico e estético são uma boa alternativa. Já na vida adulta, o aparelho pode não ser suficiente para fechar a mordida, então alguns casos acabam precisando de uma cirurgia.

Prognatismo

prognatismo-sousmile

O prognatismo é quando os dentes de baixo ficam projetados para a frente da arcada superior, o que dá a impressão do queixo estar para a frente. É um problema que afeta a mandíbula e a causa pode ser tanto genética, quanto por hábitos da infância, que afetam a formação dos ossos da face.

Quais problemas podem ser causados?

Além da questão estética, que interfere diretamente na autoestima, o prognatismo causa problemas funcionais na fala, mastigação e na movimentação da mandíbula. O queixo para a frente acaba ficando bem aparente, dependendo do grau, mesmo de boca fechada.

Melhores aparelhos ortodônticos para prognatismo

Os aparelhos fixos são a melhor opção para corrigir o prognatismo. Como a arcada inferior é projetada para a frente, o aparelho lingual pode ser uma boa escolha, por ficar mais discreto. Mesmo assim, o fixo metálico e estético também ajudam. Alguns casos mais sérios precisam de cirurgia, principalmente na vida adulta.

Overjet

overjet-sousmile

O overjet é o inverso do prognatismo: os dentes superiores ficam projetados para a frente dos inferiores, o que deixa o queixo para dentro. A distância entre as duas arcadas é normal, mas se torna um problema se for muito acentuada.

Quais problemas podem ser causados?

Se for muito acentuado, o overjet pode causar problemas de mastigação, fala e desgaste de alguns dentes, o que leva à retração gengival e possível perda óssea. O queixo para dentro é uma questão estética, já que altera o formato do rosto.

Melhores aparelhos ortodônticos para overjet

O tratamento para overjet pode ser feito com aparelhos fixos, metálico e estético. É normal o uso de elásticos, para ajustar a posição de mordida, e o período ideal para corrigir esse problema é na infância ou adolescência, quando a estrutura óssea ainda está em formação. Casos muito severos podem precisar de cirurgia.

Condições clínicas do sorriso

23 (3) (2)

Além do caso ortodôntico, alguns sorrisos possuem condições específicas que podem determinar qual será o melhor aparelho a ser usado. Ao longo da vida, podem acontecer algumas coisas com nossa saúde bucal, como a necessidade de um implante, problemas na gengiva ou até a perda de um dente. Tudo tem a solução correta, mas é importante entender como estes aspectos impactam na escolha do aparelho invisível.

Implantes

O implante é colocado no lugar de algum dente perdido, seja por trauma ou problemas como cáries severas e inflamações na gengiva. Se você precisa de um tratamento ortodôntico e possui implantes, é importante entender que eles não se movimentam, mas podem não atrapalhar! Tudo vai depender da localização do implante. No caso do aparelho invisível, a vantagem é que o planejamento ortodôntico permite que alguns dentes não se mexam ao longo da jornada, o que permitiria o tratamento mesmo com a presença do implante. Se for possível atender à queixa do paciente sem mexer no implante, é possível usar o alinhador transparente.

Perda óssea

A perda óssea é o desgaste do osso ao redor do dente, responsável por sua sustentação. É normal termos um pouco dessa perda ao longo da vida, o que não interfere em nossa saúde bucal, mas alguns fatores podem acelerar essa condição e causar problemas - como a má higiene, o que causa a proliferação de bactérias. Só é possível usar o aparelho invisível no caso de pouca perda óssea. Se estiver acentuada, o dente não terá uma estrutura para se movimentar e pode até cair, com a força aplicada pelo alinhador.

Falta de um dente

O espaço deixado por um dente é grande demais para ser fechado por um alinhador. Nesse caso, pode ser necessário o uso de acessórios, como elásticos, para trazer o melhor resultado. A melhor solução, nesse caso, é a colocação de um implante dentário ou prótese, que conseguem reabilitar o espaço e mantém a harmonia estética do sorriso.

Preparo cirúrgico

Se você já sabe que seu caso é cirúrgico, pode ser necessário o uso de um aparelho ortodôntico antes da cirurgia, e o aparelho invisível não é a melhor opção. O mais indicado é algum tipo de aparelho fixo - além disso, como o caso cirúrgico é geralmente bastante complexo, ele vai além do que o que a tecnologia de alinhadores consegue tratar.

Posso usar o alinhador tendo dentes do siso?

2020.02.14 SOU SMILE07796 (1)

Quem tem dentes do siso sempre possui algumas dúvidas antes de escolher o aparelho ortodôntico. A resposta é que eles não precisam ser extraídos, contanto que não atrapalhem o tratamento. Quando o siso começa a aparecer na gengiva, pode provocar um desalinhamento de todos os dentes - o que pode justificar a necessidade de um tratamento ortodôntico. No entanto, mesmo estando incluso, ele pode interferir na movimentação dos dentes. O siso também pode causar inflamações e desconforto junto com o alinhador, motivos que justificam a extração.

Há alguma restrição de idade para usar o alinhador?

O aparelho invisível é recomendado para pacientes maiores de 14 anos. Isso porque, até essa idade, toda a estrutura dos dentes ainda está em formação. O planejamento ortodôntico, feito com antecedência, consegue prever como cada dente irá se movimentar, e essa certeza só é possível se a dentição estiver completamente formada. Além disso, na adolescência, é mais comum não ter muita disciplina para usar o alinhador, que deve estar na boca 22 horas por dia, tirando apenas para comer e escovar os dentes.

Na vida adulta, o aparelho invisível uma ótima opção. É discreto, não atrapalha a rotina e permite alinhar os dentes enquanto faz várias outras coisas: reuniões de trabalho, conversas com amigos e eventos especiais. A praticidade de poder tirar o alinhador para comer o que quiser faz a diferença nessa fase, dando muita liberdade para quem está usando. Depois de um período cheio de regras, como foi a adolescência, tudo o que o adulto quer é usar um aparelho que o deixe livre, né?

Já na melhor idade, o aparelho invisível também pode ser utilizado! O que vai determinar a possibilidade é a saúde bucal da pessoa. No caso de muitas retrações gengivais, comuns de acontecer em pessoas mais velhas, pode ser que o alinhador não seja uma boa opção. A resposta ao tratamento também pode ser mais lenta. Mesmo assim, se não houver nenhuma pendência clínica e for possível atender à principal queixa, dá para conquistar o melhor sorriso usando o alinhador.

SouSmile

apaixonados por sorrisos, bem-estar, transparência e autoestima :)